Header Ads Widget

Mais 60 servidores conquistam título de especialista em Avaliação em Saúde

21/6/22 às 19:36

Mais 60 servidores conquistam título de especialista em Avaliação em Saúde

Curso durou 30 meses, com atividades remotas, virtuais e de dispersão; os servidores vão atuar em suas áreas de lotação para aprimorar serviços do SUS

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

“Nosso objetivo foi capacitar os servidores da Secretaria de Saúde com foco na área de avaliação, visando trazer mais eficiência, agilidade e gestão de resultado. Nosso compromisso é manter os processos educativos com essa capacitação de servidores” Christiane Braga, subsecretária de Planejamento em Saúde

Nesta terça-feira (21), ocorreu a cerimônia de encerramento do Curso de Especialização em Avaliação em Saúde. Ao todo, 60 servidores da Secretaria de Saúde obtiveram o título de especialistas em Avaliação em Saúde, além de dois servidores da Secretaria de Economia. Todos eles fazem parte das Regiões de Saúde do DF, Administração Central (ADMC) e Unidades de Referência Distrital (URD). O evento ocorreu no auditório da Fiocruz Brasília.

“Nosso objetivo foi capacitar os servidores da Secretaria de Saúde com foco na área de avaliação, visando trazer mais eficiência, agilidade e gestão de resultado. Nosso compromisso é manter os processos educativos com essa capacitação de servidores”, explicou a subsecretária de Planejamento em Saúde (Suplans), Christiane Braga.

O valor investido no curso de especialização pela Secretaria de Saúde, com apoio da Escola de Governo, foi de R$ 1,7 milhão. A Suplans está organizando a segunda edição para capacitação em Gestão, especialização e mestrado | Fotos: Sandro Araújo / Agência Saúde

A especialização estava prevista para durar 24 meses, entre 2019 e 2020, mas, por conta da pandemia, a duração do curso foi de 30 meses, com atividades remotas, virtuais e de dispersão. O foco do curso foi na Gestão por Competência: planejamento, monitoramento e avaliação. O intuito era que cada aluno criasse, ao fim do curso, um projeto para implementar em seu setor de atuação.

Na avaliação do coordenador de Atenção Primária à Saúde, Fernando Erick Damasceno, a gestão em saúde não se faz sozinho. Por isso, é preciso trabalhar políticas públicas em todos os níveis e de maneira conjunta para conhecer a realidade dos serviços prestados. “Por meio deste curso, os servidores saem capacitados na Avaliação em Saúde, uma ferramenta potente para aprimorar os serviços do SUS”, avaliou.

O valor investido no curso de especialização pela Secretaria de Saúde, com apoio da Escola de Governo, foi de R$ 1,7 milhão. A Suplans está organizando a segunda edição para capacitação em Gestão, especialização e mestrado.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Últimas Notícias

Postar um comentário

0 Comentários